sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Amor incondicional

Nos teus olhos vejo o meu futuro! Na forma como eles sorriem, na forma como eles brilham, na forma como olham no fundo dos meus.
No teu sorriso vejo a minha vida e percebo que é para isto que vale a pena acordar todos os dias, que vale a pena enfrentar qualquer adversidade.
No teu cheiro vejo os meus sonhos. Os meus sonhos que nunca tive, mas que agora me parecem sonhos de criança…de tão simples, tão puros e tão fáceis.
Leila Moura de Castro
Quando te vejo dormir as minhas emoções entram em ebulição: por um lado o sentimento de missão cumprida, por outro o medo de um amanhã que nunca foi tão desconhecido.
Quando te ouço respirar tranquilo, feliz, descansado, o meu coração transborda. Se um dia o senti pequeno e vazio…agora todo ele se ilumina e bate mais forte.
E tu…tu nem percebes! Mas sentes. Sei que sentes quando olhas para mim, quando te encostas a mim, quando tocas na minha cara com as tuas mãos pequenas e suaves.
Sinto que sabes o que é este amor incondicional quando sorris, quando ris…quando te acalmas no meu colo. Quando ficas atento por me ouvir falar, quando adormeces com a nossa canção de embalar.
E tudo o que cansa, o que nos faz chorar e até mesmo desesperar…Todos os medos, inseguranças e incertezas passam a ser nada, quando te tenho nos meus braços.
Tudo se desvanece quando adormeces ao meu lado e eu sinto que nada te supera.
A força que nunca imaginei ter, a energia que antes parecia esgotar-se agora sobra e está sempre pronta para cuidar de ti.
E nos dias maus? Aqueles dias em que só desejamos não ter saído da cama? Basta sorrires para mim…já valeu a pena acordar só para ver esses teus olhos mágicos a brilhar.
Eu sou a tua mãe…mas tu vais ter de me agradecer por nada! Eu sim…tenho de te agradecer um dia quando me compreenderes. Por me teres tornado numa pessoa melhor, numa mulher mais forte e em alguém que ama e abraça a vida todos os dias. Por me teres feito acreditar no futuro, nos sonhos, nas esperanças e nas fantasias.
Isto de ser mãe não é trabalho a tempo inteiro, é a brincadeira mais responsável e feliz que alguém pode ter.

2 comentários:

Paulo Martino disse...

Nao li o texo mas vi o carinho da foto...saudades grandes que tenho tuas

Leila Moura disse...

Obrigada

Pesquisas